terça-feira, janeiro 13

Pressões externas na nomeação. Afirma Mesquita Machado























O Benfica ganhou ao Braga, com um golo irregular (?) e alegadamente por erros da arbitragem. Levantou-se um estardalhaço, como se erros de arbitragens a favor do Benfica fosse um hábito jornada a jornada. Os habituais beneficiados, hipocritamente, armaram o cagarim.

Pelo Braga, o dito prejudicado clube, o seu Presidente chamou à comparação com Calabote, o árbitro Batista. E o Presidente da Câmara e da AG da FPF, Mesquita Machado, afirmou que, "não era para ser este o árbitro escolhido. Pressões externas alteraram a nomeação. A minha revolta ainda é maior porque na sexta-feira telefonei ao António Salvador (presid. do Braga)alertando-o que o árbitro era benfiquista assumido e que nos iria prejudicar. O que ele fez na Luz foi adulterar o resultado". (afirmações de M.M.`ao jornal "A Bola").

Pelo clube corrupto do Porto, o manipulado Jesualdo fez o choradinho habitual de virgem impoluta. Tambem no reino da lagartixa o caso foi alagado pelas aguinhas de quem vai parir, sem lhes tirarem os três.

Mas voltemos ao importante da questão, as declarações de Mesquita Machado, dada a sua condição de Presidente da AG da FPF.

São demasiado graves as suspeitas que levanta e disse saber sobre "as pressões externas que alteraram a nomeação" do árbitro. Ora se este foi nomeado na altura certa, apesar das "pressões", é porque as "pressões" já vinham de longe e não será de perguntar, como foi que MM
tomou delas conhecimento e não as denunciou em tempo oportuno, a quem de direito?

Seria importante que as entidades competentes indagassem junto de MM provas e elementos concretos para se poder fazer justiça. Pois ou prova ou mente, o que num dirigente de topo tem que ser apurado, pois inventar cabalas ou suspeitas não favorece a verdade desportiva, que aqui se defende. Obviamente não confundo erros com corrupção, nem gosto que o meu clube se vanglorie de ganhar com os erros dos arbitros. Todavia, sou pragmatico, não vejo que ao meu clube sejam deduzidos os pontos ganhos e que os outros somam com a glória das vitórias justas.

Não se devem esquecer tambem declarações do treinador J. Jesus, na véspera do jogo, a considerar o Batista um bom árbitro.
Por meu lado, não foi por ganhar o meu clube, que considero a arbitragem BOA, também foi prejudicado. Que o digam, Aimar, Reyes e Suazo.





2 comentários:

farfalho, o maltês disse...

ESTA CAMBADA DE DIRIGENTES MIA PORQUE ALGO EMPERROU O SISTEMA, MAS NÃO O DESTRUIU.

Herr von Bolas disse...

Pois é,
este MMachado é do PS como o Laurentino,o mandão do desporto. Ambos xão lá de xima.
Ou me engano muito ou tudo vai para o arquivo sem se apurarem responsabilidades. É preciso é que as águas andem turvas.