quinta-feira, janeiro 21

Foi você que pediu um apito encarnado?

Já ouviram falar de "apito encarnado"?
Na imagem, na sequencia do processo "apito dourado", Pinto da Costa é levado sob prisão ao tribunal. Apesar de toda a sua credibilidade como conselheiro familiar, esteve desaparecido o tempo suficiente para que fosse emitido um mandato de captura. Realmente, é dificil perceber como não se consegue encontrar Pinto da Costa, dentro dos prazos legais que qualquer notificação judicial exige.

3 comentários:

Vitor Tavares Pais disse...

Camelo vermelhoide, e a farinha dentro dos pneus? Já foi vendida?
corno manso agarra o burro do paspalho e ficas feliz!!!!

Herr von bolas disse...

Pareces o macaco, quando lhe enrabaram o padrasto

bichoDEmato disse...

Foda-se a Justiça portuguesa... e outras que deixam que a corrupção seja cada vez mais deixada ao deus dará....